HINO NACIONAL

Onde está o respeito ao Hino Nacional Brasileiro?

Vou tentar explicar a letra do Hino Nacional e mostrar o que estão fazendo com nossa pátria.

“Ouviram do Ipiranga às margens plácidas,

De um povo heroico o brado retumbante”.

Significa que as águas calmas do rio Ipiranga ouviram o grito estrondoso de um herói, neste caso, D. Pedro I, para proclamar a independência do Brasil. Independência ou morte! Ele representava todo o povo brasileiro.

 Agora temos um representante. O Presidente da República que, para a maioria das pessoas, não representa o povo brasileiro. Nossas margens plácidas estão na verdade, revoltas, nada calmas. O brado retumbante não existe, tudo é feito na surdina, no silêncio, às vezes no silêncio da madrugada.

“E o sol da liberdade em raios fúlgidos

Brilhou no céu da Pátria neste instante”.

Fúlgido significa brilhante. O autor da letra, Joaquim Osório Duque Estrada, compara a liberdade a um sol brilhante que ilumina nossa Pátria. Deixamos de ser colônia de Portugal para ser um país livre.

Agora, o nosso país está cheio de nuvens escuras que não deixam passar os raios fúlgidos.

“ Se o penhor dessa igualdade.

Conseguimos conquistar com braço forte.

Em teu seio, ó liberdade,

Desafia o nosso peito a própria morte”.

Penhor é você deixar algo de valor em troca de dinheiro e receber a garantia de que aquilo será guardado com segurança, ou seja, o nosso país passou a ser independente e, portanto, conquistou o penhor da igualdade. Brasil e Portugal eram nações iguais.

O “desafia o nosso peito a própria morte” significa que o povo, com esta liberdade que conquistou através da sua força e coragem, não hesitará em enfrentar e sacrificar a própria vida.

Atualmente, parece que estamos de mãos atadas, aceitando tudo o que vem de cima para baixo. Que país é esse ou que povo é esse que aceita tudo e não luta?

“Ó, pátria amada, idolatrada. Salve! Salve! ”

Idolatrar é transformar algo ou alguém em ídolo. Salve é uma saudação.

Hoje ninguém tem orgulho de ser brasileiro e o Salve aqui entra como um verbo, por favor salve o Brasil desta corrupção!

“Brasil, um sonho intenso, um raio vívido.

De amor e de esperança à terra desce,

Se em teu formoso céu risonho e límpido

A imagem do Cruzeiro resplandece! ”

Vívido significa: intenso, ardente, vivo.

Formoso significa: bonito, belo

Límpido significa: transparente.

Resplandecer significa: brilhar intensamente.

Cruzeiro é uma constelação, Cruzeiro do Sul, que brilha no céu.

Nesse caso, o poeta compara o nosso país a um sonho intenso, ou seja, tem muito a fazer. A constelação do Cruzeiro do Sul tem a forma de uma cruz. No nosso céu transparente essa cruz brilha intensamente, ou seja, o Brasil está protegido e amparado por ela.

Então, esse recado vai para os não patriotas. Estamos atentos e a qualquer hora poderemos dar novamente o nosso grito de independência.

“Gigante pela própria natureza.

És belo, és forte impávido colosso

E o teu futuro espelha esta grandeza”.

Gigante, porque o Brasil é o quinto maior país em extensão.

Impávido significa sem medo. Colosso, muito grande.

Então deduzimos que o Brasil é belo, forte e, graças ao tamanho que a natureza lhe deu, não tem medo de nada e a sua grandeza de hoje vai se revelar no futuro.

Se o Osório Duque Estrada vivesse nesta época e precisasse escrever um hino, com certeza ele não colocaria esse verso: “E o teu futuro espelha esta grandeza”.

“Terra adorada, entre outras mil,

És tu Brasil, ó pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,

Pátria amada, Brasil! ”

Significa que exaltamos o Brasil. Dos filhos deste solo, somos nós, brasileiros.

Nós amamos nosso país.  Por que não estamos conseguindo deixá-lo gigante como ele merece? Alguma coisa está errada. Vamos descobrir. Vamos acabar com esses corruptos de plantão que vivem no nosso congresso e tirá-los de lá através do voto e vamos mudar nossa postura também. O povo também é corrupto, vide casos de filas em órgãos públicos, bancos, comércio, autarquias onde tem gente que vende senhas, onde tem gente que apenas fura filas pensando que só elas têm pressa ou precisam resolver outros problemas, onde o motorista dá “caixinha” para o guarda não lhe aplicar a multa e por aí vai. Vamos deixar um país melhor no futuro para valer o verso de Osório Duque Estrada.

“Deitado eternamente em berço esplêndido.

Ao som do mar e a luz do céu profundo,

Fulguras, ó Brasil, florão da América,

Iluminado ao sol do novo mundo”.

Significa que o Brasil está bem localizado, tem muita natureza, possui um litoral grandioso e, entre as outras nações da América, o Brasil se destaca como um florão (decoração grande e bela em forma de flor).

No presente, estamos apenas nos destacando como um país corrupto, sem educação, sem saúde e com violência.

“Do que a terra mais garrida

Teus risonhos lindos campos têm mais flores,

Nossos bosques têm mais vida,

Nossa vida no teu seio mais amores”

Nossa natureza é mais colorida e mais bonita do que as outras, por isso, nós brasileiros somos mais capazes de amar.

Apesar de tudo que acontece hoje, ainda somos capazes de amar este país, com muita amor e alegria. Claro que sabemos que nem tudo são flores.

“Ó Pátria amada, idolatrada. Salve! Salve! ”

Este já foi explicado na primeira parte do hino.

“Brasil de amor eterno seja símbolo

O lábaro que ostentas estrelado”

O lábaro, ou seja, nossa bandeira, que tem muitas estrelas, significa o símbolo de amor eterno.

Vamos parar hoje de sermos individualistas e pensarmos um pouco mais na nação. Todos, todos nós brasileiros.

“E diga ao verde-louro desta flâmula

Paz no futuro e glória no passado”

Flâmula também tem o significado de bandeira. Louro é uma coroa feita de galhos e folhas, que eram usadas pelos imperadores romanos quando eram coroados, ou seja, eles tinham poder e glória. Joaquim Osório Duque Estrada quis dizer que as batalhas gloriosas vencidas no passado, e que fizeram de nós um país independente, eram, daquele momento em diante, como o verde da nossa bandeira, cheio de esperança e paz.

Espero que neste momento, para não perdermos as esperanças, voltemos para uma nova batalha para deixar nosso país independente de novo. Independência ou fome!

“Mas se ergues da justiça a clava forte

Verás que um filho teu não foge à luta,

Nem teme quem te adora a própria morte”.

Clava, arma que consiste num pedaço de pau grosso, mais volumoso numa das extremidades.

Se tivermos que lutar contra as injustiças, vão ver que não fugimos a luta e que daremos, se preciso for, até nossas vidas.

Fora Presidente, fora senadores, fora deputados, fora corruptos!

Ih fora, ih fora, ih fora!!!

“Terra adorada, entre outras mil,

És tu Brasil, ó pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,

Pátria amada, Brasil” bibliografia – Fonte Wayne Tobelem dos Santos

Publicado por Nelson Faria

Eu sou o que sou, porque faço da minha maneira. Simples assim. Sem prejudicar ninguém e amando todos, independente de raça e religião. Palmeirense de coração.

3 comentários em “HINO NACIONAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: