BAR

É um lugar para amigos que se encontram, relaxam, falam de futebol, jogam conversa fora… motivos não irão faltar.

Sexta feira, depois de um dia de trabalho, os cinco amigos se encontram no bar do Seu Messias, chamado “Bar da Praça”.

  • E aí Messias, está aqui para nos salvar? (Paulão sempre vinha com esta quando chegávamos)
  • Hoje tenho novidades!
  • (Gilberto) Já sei! Teremos churrasco no 0800?
  • (Junior) A cerveja vai estar mais gelada?
  • (Carlão) Vamos poder pendurar a conta e só pagá-la no dia do pagamento?
  • (Jair) Pessoal, vamos deixar o Messias contar a novidade.
  • (Messias) Vou inaugurar a filial deste bar na Beira mar e estão todos convidados.
  • (Paulão) Quando? Terá mais garçons?
  • (Messias) Neste mês ainda. Serão três garçonetes para servir os fregueses.
  • (Gilberto) Vai ser tudo no 0800?
  • (Junior) As cervejas estarão mais geladas?
  • (Carlão) Vamos poder pendurar a conta e pagá-la no dia do pagamento?
  • (Jair) Pô, vocês só sabem falar isso? Se o Messias está convidando, é porque somos importantes para ele e para o bar.
  • (Messias) São muito importantes. No novo bar, vocês poderão pagar com cartões de crédito. Teremos cervejas e chopes bem gelados, ouviu Junior? Vocês poderão ficar até o sol raiar e eu não expulsarei ninguém.
  • (Paulão) E como vai se chamar o bar?
  • (Jair) É mesmo, Messias. Não vai poder chamar Bar da Praça.
  • (Messias) Não sei ainda. Hoje vocês, entre uma cerveja e outra, entre um petisco e outro, vão bolar um nome para o bar e se eu gostar, não pagarão a conta de hoje.

Neste dia, o assunto foi apenas para encontrar um nome para o bar. Não teve conversa sobre futebol e política que eram os assuntos mais discutidos na roda. Sempre quando todos “bebiam um pouco a mais” misturavam os temas colocando na escalação, nomes de políticos ao invés de jogadores. A seleção do Brasil pelo voto da maioria (3×2) era: Jair Bolsonaro, o goleiro (a única posição que não poderia falhar) e seus reservas imediatos eram, Moro, Dória e Ciro Gomes. Esta posição já estava incomodando o Jair Bolsonaro, pois estava falhando constantemente. Na lateral direita, Flavio Bolsonaro. Na lateral esquerda, Randolfe Rodrigues. Na zaga, Alexandre Frota e Queiroz. No meio, a turma do centrão, Arthur Lira, Carlos Marun e Roberto Jefferson. Na ponta direita, Onix Lorenzoni. Na ponta esquerda, Lula e o atacante Alexandre de Moraes. É o famoso 4x3x3.

No Bar da Praça, os cinco amigos estavam na criação dos nomes. Todos com canetas e guardanapos de papel para não esquecer nada.

  • (Paulão) Devemos criar o nome e o slogan.
  • (Gilberto) Que tal “Bar Bicha”?
  • (Junior) Qual seria o Slogan?
  • (Gilberto) Bar Bicha o lugar para homens barbados, homem sem barba ou com barbichas.
  • (Carlão) Seria um bar para todas opções sexuais?
  • (Gilberto) Claro!
  • (Carlão) Então não poderia ser este nome.
  • (Jair) Que tal, “Bar Beira”?
  • (Gilberto) O slogan seria, o bar sem cortes ou Aqui você dirige bem?
  • (Jair) Nenhum dos dois, senão seria “Bar beiragem”. Beira é de Beira mar.
  • (Carlão) “Bar Alho”. Onde é você que dá as cartas.
  • (Junior) “Bar Ulho”. Onde o silêncio não existe.
  • (Carlão) Horrível!
  • (Jair) “Bar Troz”. Venha ao bar troz, venha voando!
  • (Carlão) Esta foi “horrorível”!
  • (Gilberto) “Bar Racão”. Onde só é proibido a entrada de animais.
  • (Jair) “Bar Ganha”. Onde tudo é mais barato.
  • (Gilberto) “Bar Rabas”. Aqui ninguém fica preso.
  • (Junior) “Bar Cana”. Onde tudo é legal. Servimos todos os tipos de bebidas.
  • (Carlão) “Bar Bante”. O bar que você se amarra.
  • (Paulão) “Bar Ranco”. O bar que você pode se encostar.
  • (Jair) “Bar ômetro” Bebam sem medidas.
  • (Gilberto) “Bar Raqueiras” Um bar sem confusões.

Foram muitos nomes, como “Bar Rigudos”, “Bar Iátricos” “Bar Ricadas” “Bar Caças”… quando o Gilberto veio com um nome que gerou confusões.

  • “Bar Sonaro”
  • Não, este não!
  • Pô Gilberto! Sem política.
  • Sempre você para arrumar confusão.
  • Desse jeito não vou mais na inauguração. “Tal quei”
  • Calma pessoal. Estamos aqui, já bebemos todas, colocamos vários nomes e não chegamos a um consenso.
  • Que tal “Altos Papos”?
  • Quem falou?
  • Não sei, o escritor não colocou o nome entre parenteses e está confundindo todo mundo. Nem o leitor está entendendo mais nada.
  • (Jair) Vamos chamar o Messias pedir a conta e dizer que entramos num consenso. Não mudar o nome, porque amamos este nome e não é isso que irá nos impedir de frequentarmos.
  • (Paulão) Messias, venha aqui para nos salvar.
  • (Messias) Escolheram um nome?
  • (Paulão) Sim.
  • (Messias) Qual o nome que vocês escolheram?
  • “Bar da Praça”. O bar que está sempre ao seu lado em qualquer lugar. Uma extensão do seu lar.
  • Sabia que vocês iriam escolher este nome. Como prometido, a conta está paga. Hora de todo mundo ir para casa que eu preciso fechar o bar.
  • Está faltando a saideira.

Publicado por Nelson Faria

Eu sou o que sou, porque faço da minha maneira. Simples assim. Sem prejudicar ninguém e amando todos, independente de raça e religião. Palmeirense de coração.

8 comentários em “BAR

  1. Um bar é sempre bar … não importa o nome… é uma ocasião social, compartilhar Emoções (boas ou ruins) não importa. E até serve pra beber! Gostei de saber que te dei a dica.

    Curtir

  2. Gande Nelson. Sempre com seus textos bem humorados! Mas acho difícil que o Bolsonaro jogasse no mesmo time que o Lula! Kkkk! Eles são como água e óleo: não se misturam! Forte abraço!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: